TIPOS DE TAROT E DE LEITURAS DE TAROT

Conheça os tipos de baralhos de tarot e leituras de tarot

Existem 3 classificações principais do Tarot que foram sugeridas pelo historiador desta área, Michael Dummertt, essas classificações são consideradas uma base, mais precisamente como um modelo, para as diversas variedades conhecidas, sendo então elas ordenadas em A,B e C. Já Tom Tadfor Little, o qual é um especialista e colecionador de tarot, quis então a renomear estes grupos de acordo com as geográficas, no que essas foram desenvolvidas.

Sendo desta forma:

Padrão Milanês: este é o qual teve origem na corte de Viscontti, em Milão. Foi depois deste baralho de tarot que se originaram os tarots suíços e franceses. É grupo correspondente a ordem C, nas classificações de Dummett, sendo este o mais conhecido pelas pessoas.

Padrão da corte: este é da Família Este, em Ferrara, os quais fabricavam as suas próprias cartas, desta forma tinham a sua própria tipografia. Este tipo de carta de tarot foi até à cidade de Veneza, além claro de sua cidade de origem. É grupo correspondente a ordem B, nas classificações de Dummett.

Grupo o qual corresponde a ordem A, de acordo com as classificações de Dummett, é um tarot o qual é nascido na cidade de Bolonha. Ele é o mais conhecido e popular dentre os três. É um tarot o qual teve seu desenvolvimento no sul da Itália, e conseguiu atingir até a cidade de Florença.

Não há somente classificações de Tarot históricos, existem também os contemporâneos, que surgiram a partir do século XX. De acordo com Nei Naff, os contemporâneos são classificados em:

Tarot moderno (ou estilizado): Se trata de uma categoria a qual se iniciou no ano de 1910, fora criado por Arthur Edward Waite e desenhado por Pamela Colman Smith. Sendo este o tarot o qual fora o primeiro a haver desenhos livres sendo cheio de cores. Foi neste tarot, que pela primeira vez, nesta nova era contemporânea, em que os arcanos menores, receberam desenhos totalmente completos.

Tarot cultural (ou transcultural): Categoria que engloba todos aqueles tarots os quais surgiram por volta do ano de 1970, neste baralho cada um dos arcanos eram então substituídos por alguma outra ambientação e personagem, de tal forma a qual eles pudessem então seguir determinada mitologia. Neste baralho de tarot o padrão clássico é totalmente perceptível.

Tarot surrealista (de fantasia): Se trata da categoria a qual não existe nenhuma semelhança dos arcanos com os clássicos baralhos. Os autores, faziam o uso de sua livre expressão e toda a sua criatividade, para a criação destes baralhos, para que desta forma eles darem uma “vida” a um determinado tema.

COMO É FEITA A LEITURA DO TAROT?

Muitas pessoas não tem nenhuma noção de como funciona o tarot, desta forma sempre se perguntam como esta leitura é feita. E aqui vamos lhe da a resposta:
Esta leitura é feita de uma forma em que são utilizados jogos, técnicas específicas, e métodos os quais devem ser analisados. Algo que devemos ter em nossa cabeça e que vem sendo bastante observado, é o fato de que não é algo tão simples assim jogar tarot, bastante diferente de algumas coisas que as pessoas dizem e bem diferente do que a crença popular se acredita ser. Para que seja feita uma leitura mais eficaz e séria, é preciso que está pessoa a qual fará a leitura, seja por médiuns, estudiosos, para que assim seja feita vários estudos, tendo uma noção dos diversos contextos existentes.
Da mesma forma dos oráculos que são conhecidos, o tarot, funciona e base no princípio da aleatoriedade. Isso quer dizer que todas as respostas que são dadas pelas cartas, são reveladas de acordo com a escolha aleatória dessas cartas. Sendo assim não muito importante, se essas cartas foram escolhidas, tanto pessoalmente, quanto virtualmente, funcionando assim da mesma forma, tendo como função ter um acesso aos significados que existem no inconsciente.

E A LEITURA DO TAROT?
Como ja sabemos a leitura das cartas do baralho oferecem a nós, algumas interpretações de uma forma em objetiva, tendo a sua finalidade de oferecer um melhor caminho para que seja seguido, tudo isso de acordo com cada situação levantada. Sendo assim, a leitura do Tarot, da uma objetividade na sua interpretação e também em sua leitura.
É válido lembrar que o Tarot não é uma forma na qual iremos resolver todos os nossos problemas existentes de uma hora para a outra. O que o tarot realmente nos oferece é uma forma individual, para aqueles que procuraram este método, para que consigam alcançar os seus objetivos, e fazer que desta forma os erros seja reconhecidos, e aquilo que seja possível seja corrigido..

TIPOS DE TAROT E DE LEITURAS DE TAROT
3.7 (73.33%) 3 vote[s]

QUIROMANCIA E LEITURA DAS MÃOS

PENTAGRAMA ESOTÉRICO, HISTÓRIA E GNOSIS DO PENTAGRAMA ESOTÉRICO